MT Escola de Teatro, MT vivendo a arte

31/01/2020

A arte é a forma do ser humano expressar seus sentimentos, suas emoções, sua cultura. Desde a pré-história à arte contemporânea usa de valores estéticos – de acordo com a corrente artística – e colore nossa fria sociedade com as mais diversas explosões artísticas, sejam nas mais comuns, como a dança, música e artes plásticas, quanto nas mais peculiares, como o cinema, a poesia e o teatro.

O nosso Estado é um celeiro de grandes talentos nas artes e isso não é nenhuma novidade

O nosso Estado é um celeiro de grandes talentos nas artes e isso não é nenhuma novidade. Nas artes plásticas temos nomes que estão pra posteridade como Clóvis Irigaray, Adir Sodré, Gervane de Paula. Na dança temos profissionais que vão da dança de salão à desforme dança contemporânea e sua liberdade corporal, do Flor Ribeirinha à grupos de dança cigana.

A música mato-grossense traz em seu repertório nomes como o de Pescuma, Henrique e Claudinho, Vanguart, Chico Gil, Marcela Mangabeira, Estrela D’alva, Macaco Bong, Dois a Um, Estela Ceregatti. Uma amálgama que distorce de qualquer senso comum, aqui há música pra todos estilos, desde os mais populares as mais sofisticadas.

Na literatura e poesia temos de um lado a Academia Mato-grossense de Letras e seus imortais, do outro poetas marginais e sarais as escondidas. Romances ortodoxos contrapondo histórias reais de personagens marginais e viciados. A possibilidades artísticas são inúmeras no Mato Grosso, acredite.

No teatro não seria diferente, atores, diretores, cenógrafos, produtores, sonoplastas, iluminadores, pessoas que levam muito a sério a palco e o que acontece por traz das cortinas vermelhas. André D’Lucca, Sandro Lucose, Ivan Belém, Flávio Ferreira, Jota Astrevo e Lionê Vitório, Thiago Mourão, Eduardo Butakka, Karina Figueiredo, Cena Onze, Teatro Fúria e inúmeros outros nomes garantem produções em alto nível nos nossos teatros, que diga-se de passagem são muito bons, o Cine Teatro Cuiabá, o Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros e o Teatro da UFMT são os principais.

São infindáveis os talentosos artistas que vêm de todo estado buscar formação e aperfeiçoamento em Cuiabá, para aqui consolidarem suas carreiras e alçar novos ares. Algumas instituições, pensando na formação acadêmica e tecnóloga nas áreas das artes, oferecem ou ofereciam cursos superiores, como o extinto curso de Artes Visuais na UNIC, a UFMT oferece o curso de Licenciatura em Música e outras modalidades de Bacharel com habilitação em Canto, Clarineta, Composição, Regência, Violino ou Violão, além de outras universidades que oferecem cursos a distância, cada uma com suas políticas de aulas presencias ou a distância.

Mas vocês sabiam que existe um curso tecnólogo superior de Teatro em Cuiabá? Pois é, existe, e poucas pessoas sabem, chama-se MT Escola de Teatro. Sua realização e idealização se deu através da parceria entre a Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) e os grupos Cena Onze, de Cuiabá, e Associação Artistas Amigos da Praça (Adaap), de São Paulo.

Vocês sabiam que existe um curso tecnólogo superior de Teatro em Cuiabá? Pois é, existe, e poucas pessoas sabem, chama-se MT Escola de Teatro

O curso oferece 50 vagas por semestre e está dividido em sete áreas especificas: Atuação, Cenografia e Figurino, Direção, Dramaturgia, Iluminação, Sonoplastia e Produção Cultural, o aluno escolhe quando se inscreve para o vestibular. O grupo Cena Onze é um dos maiores do país e é daqui da nossa terra, a Adaap tem um trabalho muito consolidado em São Paulo e um dos seus maiores feitos é a SP Escola de Teatro, que hoje serve de modelo para a criação do MT Escola de Teatro. O curso dura quatro semestres e sua primeira turma se formou em dezembro de 2018.

A ideia de uma faculdade de Teatro é inovadora e importante pro nosso estado, mostra o quanto queremos e podemos estar no eixo das produções artísticas nacionais. É a real resposta de que o Mato Grosso não é só mato, aqui existe e resiste uma poderosa classe artística que cada dia se mostra mais sedenta por trabalho e que está atualizada e operante.

Se lhe deu curiosidade, aproveite, a MT Escola de Teatro está com as inscrições prorrogadas até o dia 10 de fevereiro. Viva a arte.

Henrique Maluf é músico, produtor cultural e pesquisador em Cuiabá. Escreve nesta coluna com exclusividade às terças-feiras. E-mail: herojama@gmail.com

https://www.rdnews.com.br/colunistas/henrique-maluf/mt-escola-de-teatro-mt-vivendo-a-arte/123519