“Factóide”, peça autoral do grupo Cena Livre, ganha primeira temporada fora da UFMT

05/10/2018

Grupo teatral atuante na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), o Cena Livre de Teatro transborda os muros da instituição e se apresenta pela primeira vez no Cine Teatro Cuiabá, ainda este mês. “Factóide”, montagem autoral de estreia do coletivo, tem agenda confirmada na Sala Anderson Flores, nos dias 13 e 14 de outubro. Os ingressos serão vendidos na bilheteria do Cine Teatro, a R$20 e R$10 (meia entrada), nos dias de apresentação.

“Factóide” gira em torno dos conflitos existencialistas de três personagens, que vivem no futuro. Seguindo a tendência mundial de criação dentro do gênero Distopia, como “3%” “Black Mirror” e “Her”, a vida de Gab, executivo híbrido, Angélica, artista plástica renomada e Arcanjo, professor universitário, são permeadas pelas assombrações dos avanços tecnológicos.

Arcanjo, por Lucas Lemos

“Para a gente, sair da universidade, romper com o nosso espaço comum, é muito emblemático. Estamos a todo vapor com os ensaios e colocando em prática o que foi desenvolvido da estreia até aqui. Tivemos uma crítica positiva e estamos felizes com o desenrolar do processo”, afirmou Lucas, um dos diretores do trabalho. Nesta temporada, o núcleo utiliza a prática da direção cênica coletiva.

O processo de criação da peça teve início em fevereiro de 2017, quando o texto foi escrito, culminando na I Mostra de Artes Cênicas Cena Livre de Teatro, ocasião de estreia. O espetáculo tem texto de Lucas Lemos (que atua como Arcanjo), colaboração de Marcella Gaioto, atuação de Ana Carolina de Mello (Gab), Fabiola Karen, a estreante Isabella Betina (ambas Angélica).

Angélica, por Fabíola Karen

“A peça sempre conversou muito comigo, já que também estou imersa nos anseios que as novas tecnologias trouxeram e continuam trazendo para a gente. Factóide é o meu primeiro trabalho entregue ao público como atriz, me sinto lisonjeada por isso”, ressaltou a atriz Fabiola Karen.

O diretor do Cena Livre e grande incentivador do processo artístico, Leosan Sampaio é quem assina a direção executiva da primeira temporada. “Esse momento é muito especial, onde os alunos de um grupo de teatro de dentro de uma universidade pública desabrocham artisticamente para além da instituição. Para mim, apoiar esse momento é mais que uma honra, faz parte do meu ofício como facilitador das artes e como artista em Mato Grosso”, completou.

Angelicas

Para saber mais informações sobre o Cena Livre de Teatro e o núcleo de “Factóide”, o público pode acessar sua página no Facebook (fb.com.br/cenalivredeteatro) ou seguir o perfil no Instagram (@cenalibreufmt).

https://olivre.com.br/factoide-peca-autoral-do-grupo-cena-livre-ganha-primeira-temporada-fora-da-ufmt/